quinta-feira, 28 de novembro de 2013

 
 
 
(Imagem: Karin Rosenthal)
 
 
Vem nesse papel branco.
Comigo.
Dou-te minha pele.
Vem.
Rápido.

Diz-me até a vista.
É tudo.
Nada mais sei de ti.
Vou-me embora com as algas.
Vem comigo.
 

 Marguerite Duras
 

Um comentário: