sexta-feira, 4 de novembro de 2011







Das costelas de cores ardentes
cirros móbiles sob o azul
onde a minha Eva?




Fotografia e Poema de Marcelo Lyrio

Um comentário:

  1. Pelos dois [texto e foto], meu cumprimento.
    Bela escolha, terceto de amor, lindo.

    beijos
    El

    ResponderExcluir