sexta-feira, 23 de setembro de 2011

(Imagem: Adriana Varejão)



 
A verdade era bela
mas doía nos olhos

 

mas doía nos lábios
mas doía no peito
dos que davam por ela


 
Sebastião Da Gama

Um comentário:

  1. Sempre nos apropriamos do belo, por ser a beleza, assim, toda gratuita e sem propósito, coisa de estalar no peito, insuportável.

    ResponderExcluir