sábado, 14 de maio de 2011

o que as palavras dizem
são calor
e dor
que ruiu
entre nossos dedos
as palavras forjaram
o dia, a luz
e de sombra
se fizeram enternas
as palavras sujas
de nossas bocas
o que você diz
ardendo
entre os dentes
as palavras morrem
as palavras se debruçam
sobre nossas promessas
nos derrubam
palavras de festim
no ar se refazem
e avisam o tempo
que voltarão

Nenhum comentário:

Postar um comentário